Início Destaque Homem agride médico no hospital

Homem agride médico no hospital

Um homem agrediu um médico, na urgência de Vila Real, e pôs-se em fuga. Entretanto, o agressor já teria sido identificado, e a PSP estará a analisar o caso, que está a chocar a população local.

Nos últimos dias, têm sido relatados vários casos de agressões a pessoal médico, aumentando cada vez mais, as situações de violência em hospitais.

Fala-se muito em falta de segurança, e em pouca proteção aos funcionários da saúde. No entanto, este caso poderia ser bem diferente e, para muitas pessoas, é mesmo dramático.

Um homem agrediu um médico, com um murro, à frente de várias pessoas, que testemunharam o momento e teriam ajudado a travar o conflito. Tudo aconteceu no Hospital De Trás-Os-Montes E Alto Douro, em Vila Real, na mesma noite em que a esposa do agressor, uma mulher de 71 anos, perdeu a vida, nesse mesmo hospital.

O episódio terá acontecido no serviço de urgências do Hospital De Trás-Os-Montes E Alto Douro, em Vila Real, com o alerta a ser dado às 20h30. No entanto, quando a PSP chegou a local, o homem já se tinha posto em fuga.

Claro que através do processo da esposa, não vai ser difícil a identificação do agressor, que estaria a acompanhar a esposa, que acabaria por morrer, levando, possivelmente, a este descontrolo emocional do cônjuge.

Não se sabe que ligação teria o médico agredido a este caso, ou mesmo a razão que terá levado a este episódio de violência. Sabe-se, isso sim, que o médico sofreu “ferimentos ligeiros” e, de acordo com fontes hospitalares, a segurança “sanou de imediato o conflito e acionou as autoridades (PSP), que se deslocaram ao local e tomaram conta da ocorrência”.

O caso será agora investigado pelo Ministério Público.