Início Destaque Os 3 negócios que o Benfica falhou no mercado de transferências

Os 3 negócios que o Benfica falhou no mercado de transferências

164
0
COMPARTILHE

Este mercado de transferências, durante o mês de Janeiro, foi completamente atípica para os lados da Luz e não houve nenhum jogador a entrar no plantel de Rui Vitória. Além disso, o plantel foi bastante encurtado para atacar a segunda parte da época, mesmo perdendo alguns bons negócios pelo caminho.
Segundo o jornal A Bola, os encarnados podiam ter encaixado uma quantia superior a 50 milhões de euros nas transferências que não passaram das negociações, ou que não passaram de notícias veiculadas pela imprensa desportiva.

André Horta (emprestado ao SC Braga)
O médio português, de 21 anos, tinha proposta incrível dos Estados Unidos da América, por parte do Los Angeles FC, que oferecia cerca de um milhão de euros anuais ao futebolista e sete milhões de euros ao clube da Luz. Foi o SC Braga que não permitiu que o internacional Sub-21 saisse para os Estados Unidos, mesmo não tendo nenhuma cláusula de compra. Luís Filipe Vieira chegou a reunir-se com o presidente António Salvador mas não houve entendimento.

Anderson Talisca (emprestado ao Besiktas)
No mês de Janeiro soube-se do interesse dos chineses do Changchun Yatai e a oferta terá chegado aos 30 milhoes de euros pelo internacional brasileiro. O jogador nunca se mostrou interessado em rumar ao oriente, mesmo com um contrato milionário oferecido, mas o Benfica e Yatai também não chegaram a acordo em relação a quem suportaria os cinco milhões de euros que o Besiktas teria de receber para libertar o jogador. É um dos jogadores do Benfica com mais mercado e deverá realizar um bom encaixe financeiro com a venda de Anderson Talisca, que dificilmente voltará a jogar de águia ao peito.

Umaro Embaló (Juniores Benfica)
Foi a maior ‘novela’ do mercado de transferências e chegou mesmo a viajar para a Alemanha para realizar os habituais exames médicos e assinar contrato mas tudo se esfumou nos últimos dias de Janeiro. O jovem craque, de 16 anos, já vinha a ser seguido pelo Leipzig há muito tempo e chegou mesmo a haver entendimento quanto aos valores apresentados – 15 milhões de euros, com a possibilidade de chegar aos 20 milhões, mediante a concretização de determinados objectivos por parte do atleta. O clube alemão queixou-se que o empresário do jogador fez exigências financeiras demasiado elevadas para futebolista tão jovem – vencimentos e comissões. Umaro já regressou à equipa de juniores do Benfica e foi decisivo na vitória frente ao Real Massamá, marcando o único golo da partida e garantindo os três pontos.

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here